Associação Protectora de Animais do Cadaval

Ingleses salvam burros da extinção em Estômbar – Algarve

Posted by apacanimaiscadaval em Dezembro 2, 2008

burros1

Salvar burros da ameaça de extinção e a vida de cães e gatos é a missão do “Refúgio dos Burros”, uma quinta criada em Estômbar, no Algarve, por dois ingleses que decidiram dedicar-se aos animais.

 

 

Pelo refúgio, criado em 1991 com o intuito de acolher sobretudo burros, já passaram muitas centenas de animais doentes, velhos, abandonados ou retirados de acidentes nas estradas.

A pouco e pouco, a quinta começou a encher-se de cães e gatos, que muitas vezes ali chegam depois de serem literalmente atirados pelos donos por cima da vedação, até atingir o estado actual de lotação esgotada.

Apoiada por uma bengala, Nanette Richardson caminha de forma arrastada por entre a sua “família”, dezenas de cães de vários tamanhos e feitios que ladram sem parar. Uns cegos, outros coxos, mas todos com um ar feliz.

Foi por amor aos animais que esta inglesa de 76 anos e o seu amigo Peter Lander, de 71, decidiram abrir o “Refúgio dos Burros”, que alberga hoje cerca 17 burros, 27 gatos e cerca de 100 cães.

Os primeiros inquilinos do “Refúgio dos Burros” foram os 15 cães e 27 gatos que amigos de longa data tinham na primeira casa onde viveram quando chegaram ao Algarve, há mais de vinte anos.

Quando os vizinhos começaram a queixar-se do barulho, Peter e Nanette decidiram comprar um terreno espaçoso onde pudessem viver e albergar toda a “bicharada”.

Hoje, aquela é a casa de Mick Jagger, burro que deve o seu nome aos enormes lábios, das mulas Wilma e Betty, em homenagem aos “Flinstones”, e do ainda bebé Adam, a mais recente aquisição da quinta.

Charles Bronson, o mais antigo habitante do refúgio, teve entretanto que ser abatido, pois a velhice já não lhe permitia sequer levantar a cabeça.

Muitos dos animais que chegam à quinta são recolhidos da rua ou de acidentes na estrada, mas a maior parte, principalmente cães, é ali deixada por pessoas que friamente os despejam na quinta, apesar do letreiro na porta avisar “Mais cães não”.

“Ainda nestes últimos dois meses recebemos oito cães”, diz Nora Bakker, voluntária na quinta, pois mesmo com a tabuleta à porta, “as pessoas atiram os animais por cima da vedação, por vezes com o carro ainda em andamento”.

Esta holandesa, que além da profissão de assistente de veterinária, dá uma ajuda no Refúgio, é um dos elementos chave da equipa composta ainda por uma alemã, Indra Muller, mais um casal de amigos e o veterinário que ali se desloca quando é necessário tratar dos animais.

A venda de móveis, roupas e livros de segunda mão nas duas lojas de caridade que Peter e Nanette têm em Lagoa e Carvoeiro, é a principal fonte de rendimento do “Refúgio dos Burros”, cujas despesas mensais atingem os cinco mil euros.

Mesmo com alguns donativos feitos estrangeiros ricos, toda a ajuda é pouca, sendo o tratamento médico dos animais o que exige mais custos.

Apesar de algumas mazelas físicas, todos os animais exibem um ar bem tratado e saudável, cuidados que também levam Nanette a escolher a dedo as pessoas a quem são dados os animais.

“Nunca damos animais aos ciganos, que vêm cá muitas vezes pedir burros velhos para os vender aos circos, às vezes por cinco euros”, diz.

Nanette até já lhes chegou a oferecer quilos de carne para evitar que alguns burros servissem de petisco aos felinos.

“É como se fossem meus filhos”, diz, emocionada, acrescentando que o seu trabalho tem tanto de gratificante, por saber que poupa muito sofrimento aos animais, como de frustrante, “pois poderia fazer-se sempre mais”.

 

Anúncios

10 Respostas to “Ingleses salvam burros da extinção em Estômbar – Algarve”

  1. luis nobre said

    Gostava se saber o contacto destes senhores ingleses a fim de poder um dia ficar com algum burro.
    E agradecia que me respondessem o mais rapidamente possivel.
    obrigado.

  2. fatima correia said

    vivo no campo e kuando era pequena tinha um burro k se xamava janota na altura por dificultades meu pai teve vender a isto já foi á 25 anos , mas nunka de eskeci dele e gostava de voltar a poder ter um.
    o que tenho que fazer para poder adotar um burro?
    muito obrigodo
    fatima correia

  3. Maria said

    Incrível!
    Há 4 anos fui buscar um gato ao Refúgio dos Burros, em Estômbar; grande amabilidade!
    Uma gata minha vizinha (sem dono) teve uns gatinhos e, para que eles possam vir a ter um dono que lhes dê uma casa e comida, fui levá-los ao Refúgio. Ontem à noite telefonei ao responsável e hoje, à hora combinada, fui. Estava uma loira que não queria receber os 2 gatinhos e até “fok you” me disse.
    Como as pessoas são diferentes para cada situação!

  4. Daniela said

    Por acaso também conheco o Refugio dos burros e conheci em tempos bem de perto as dificuldades tanto desta associação como de muitas outras em conseguirem acolher animais para adopção. É que enquanto um animal é adoptado 10 são abandonados, daí o desespero das pessoas que se envolvem nestas causas, e daí a grande importância em esterelizar os animais!!
    Agora, esse “fok you” era escusado realmente…….

  5. Marco Ferreira said

    My name´s Marco and I live in Urb. Quinta da Ouriva – Ladeira do Vau, Portimão and there´s this black dog that needs help! Me and some neighbours feed him most every day but he also needs medical care! I can´t keep him cos I live in a apartment so I´m begging you, can you please come here and pick him up? He´s very kind and needs help!!! Thank you so much!!!

  6. Marco Ferreira said

    The dog stays most of the time in front of a coffee shop called Mira Ouriva!! Thank You!!!

  7. José Ribeiro said

    Bom dia!

    Gostava de saber se há possiblidade de adotar um burro?
    Tenho casa com terreno grande em Sintra com 4 ovelhas e gostava de ter um burrito tambem.
    Será bem tratado e não é para trabalho.

    Obrigado.
    José Ribeiro

  8. maria da luz said

    OLÁ,
    Sou voluntaria num canil municipal da zona onde moro, sou sócia de uma associação de animais de rua, mas neste momento tenho um assunto muito delicado e tenho que pedir ajuda para um animal uma MULA que é da minha mãe, que tem 89 anos e esta acamada, os meus familiares qerem vender a mula que não sei qual será o destino dela, eu nao tenho possibilidade de ficar com ela, gostava que alguem me ajuda-se pois tenho muita pena na BONECA. Obrigado maria da luz

  9. Está em curso 4 Petições:

    1. Petição Pela abolição das touradas e de todos os espectáculos com touros‏ http://peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=010BASTA

    2. Petição Alteração do estatuto jurídico dos animais no Código Civil http://peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=P2010N2409

    3. Petição Abolição das touradas na programação da RTP http://peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=P2010N2877

    4. Petição contra a utilização de animais em experimentação científica em Portugal‏‏‏‏‏ http://www.petitiononline.com/pob2010/petition.html

    Isto é uma vergonha para Portugal.

    Na Azambuja está prestes a ser construído um dos maiores biotérios da Europa para a criação de animais usados em experimentação científica
    Um projecto subsidiado por fundos portugueses e comunitários no montante de 27 milhões de Euros, é promovido pela Fundação Champalimaud, em parceria com a Universidade de Lisboa, a Fundação Calouste Gulbenkian e com o apoio da Câmara Municipal da Azambuja e do Governo Português.

    Por favor assine e divulge e nos ajude a acabar com esta barbaridade.

    Podemos fazer história e um passo em frente em termos civilizacionais em Portugal. Temos que acabar com estes actos vergonhosos de tortura a animais indefesos.

  10. JB said

    Olá boa tarde!
    Como Ser Humano e como Cidadão, como não poderia deixar de ser, já assinei todas estas petições e algumas mais, tendo todas elas me chegado ao conhecimento pela pessoa que as deu aqui tambem a conhecer. Não querendo dar enfase as pessoas em detrimento dos animais, tenho no entanto que reconhecer na Isabel Oliveira uma pessoa de reconhecidos meritos quer na defesa intransigente da defesa dos animais bem como na divulgação de diversas actividades relacionadas com o bem estar animal. Poderia aqui deixar uma quantidade sem fim de actividades desenvolvidas por esta “Senhora”, que com parquíssimos recursos faz mais pelos animais que a maioria das pessoas com responsabilidade social e política neste País. Alegra-me o facto de testemunhar e poder compartilhar consigo, o que faz pelos nossos “fiéis Amigos”. BEM HAJA e tudo o de bom para si!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: